Gabriel está internado desde o dia 4 de agosto, quando sofreu um golpe e perdeu os movimentos das pernas e dos braços, no Capixaba de jiu-jítsu

O lutador Gabriel Diniz, que perdeu os movimentos dos braços e das pernas após sofrer um golpe, durante o Capixaba de Jiu-Jítsu, apresentou uma melhora significativa no seu quadro clínico. Nesta quarta-feira, ele voltou a ter sensibilidade nos membros inferiores e já começou a mexer os ombros. O atleta, que passa a maior parte do tempo sentado, já pensa em voltar a lutar no futuro.

Federação muda regras após acidente:
De acordo com Agnaldo Goes, presidente da Federação de Jiu-Jítsu do Espírito Santo, mesmo tendo apenas 15 anos, Gabriel Diniz, lutava com frequência entre os competidores adultos. No entanto, o dirigente afirma que, a partir de agora, por conta de orientações da Confederação Brasileira da modalidade, os adolescestes não vão mais poder competir contra atletas da categoria adulto. Ainda de acordo com Agnaldo, o lutador que aplicou o golpe em Gabriel tem 19 anos, quatro a mais que o adolescente.

Deixe seu comentário